Júlia na Holanda!

PA030028

Júlia vem de uma família de intercambistas. Um primo foi para a Estônia, o outro para a Finlândia. A prima passou um ano na Alemanha. Na vez dela, o destino escolhido foi a Holanda. Na próxima reunião de família, esses quatro terão muito o que falar sobre suas histórias de intercâmbio.
Por enquanto, vamos ver o que a Júlia nos conta sobre sua vida holandesa:

Muitos pensam que o intercâmbio só começa mesmo quando você chega em seu país anfitrião, mas na verdade, começa muito antes! Pra mim, o meu intercâmbio começou no dia em que recebi um e-mail do YFU me contando que ja tinha uma uma host family: Uma mãe, duas irmãs (uma delas nao moraria comigo), um cachorro, um gato e um porquinho-da-Índia. Me lembro como se fosse hoje! Meu coração começou a bater tao forte, achei até que iria cair da cadeira! Saí correndo para contar a minha familia e logo fomos ‘’pesquisar’’ as pessoas da tal familia Verbiest que vivia em uma mini vila de 3000 habitantes. Minha primeira impressão? ESTRANHOS, LOUCOS! Uma família que nunca pensaria em ter… E então chegam todas aquelas dúvidas: Será que eles sao legais? Sera que vou ter que limpar a casa e lavar a louça? Minhas irmãs gostam das mesmas coisas que eu? E assim vai, toda aquela aflição, até que chega o dia…
14/08/2010 – Aeroporto Schiphol – Amsterdam: Um dia ensolarado, lindo! No desembarque, vejo minha família com um grande sorriso e com um balão do Garfield com um ‘’WELCOME!‘’ escrito. Nesse momento, soube que tinha feito a escolha certa. Eram super simpáticos e tentavam fazer contato o tempo todo, me senti muito a vontade.
Hoje, depois de 6 meses, continuo com o pensamento que fiz a escolha certa. Claro, tive os meus momentos difíceis assim como todos os outros intercambistas tiveram, mas no final, tudo se encaixa e agora ja dói até de pensar que tenho que ir embora em 5 meses.
Tenho uma quantidade ótima de amigos e são ótimos amigos, jogo futebol (o qual é muito difícil de se jogar quando se esta -2C lá fora), Sou ajudante em aulas de ginástica olímpica para crianças, vou todos os domingos a encontro de jovens na igreja da minha vila, fiz coisas que nunca imaginei que poderia fazer e nunca me senti tão livre e independente! Viajo muito pela Holanda, visito meus amigos e marco encontros, é tudo fácil e seguro, AMO essa liberdade! Uma outra coisa boa que traz um sentimento muito bom, é quando você tem algum problema e consegue resolve-lo, pois você sendo um intercambista, precisa encara-lo sozinho, arcar com as consequencias ou encontrar a melhor saída.
Mas, se eu tivesse que definir o meu intercambio em uma frase seria essa: ‘’ Nunca pensei que uma família do outro lado do mundo, pudesse ser tao importante pra mim. ‘’ Sim, aquela família, estranha e louca que nunca seria a minha primeira escolha. Somos super unidos, posso contar com eles sempre, tenho uma ótima relação com minha mãe e com minhas irmãs, ainda mais com a Kyra, a irmã que mora comigo, somos irmãs de verdade.
Se fosse contar tudo sobre o meu intercambio, daria uma bíblia no final, então pra terminar esse pequeno texto, essa pequena parte de uma grande aventura, eu digo a todos os futuros intercambistas: Aproveitem o máximo, nao deixem de fazer coisas por preguiça, provem todas as comidas e se você for para um país que faça frio, COMPRE UM BOM CASACO!

PC260094

Julia Fernandes sorvetao

Julia Fernandes cidade

Deixe uma resposta